31 de mai de 2010

___Não mude nunca, por ninguém.Tá?
___Sou praticamente imutável.

Alguém me disse que temos um impulso natural por preencher espaços vazios. Eu gosto de pensar que não se referiu apenas as palavras cruzadas mais aos espaços vazios dentro de nós que surgem por vivermos num mundo que nem sempre gosta do que é diferente.

Eu tento preencher meus vazios com palavras.
Mas essa não era a resposta.
Agora eu sei na jornada da vida só precisa achar alguém tão normal quanto você.
Porque não consegue ser como as outras meninas?
de onde tira tanta informação inútil ?
porque você fala assim?


Hoje, eu só queria minha casa. 


Me disseram que isso é normal
Será mesmo que é normal viver procurando algo que nunca encontrei?
Será mesmo normal viver a procura de algum outro ser que se assemelhe a mim?
E será normal, nunca encontrar?
E sempre me perder?
Deve ser normal mesmo, essa minha solidão de espírito.
Até que enfim achei algo normal na minha esquisitisse. 


 

28 de mai de 2010

Vale a pena lembrar que, embora haja uma vasta diferença entre nós no que diz respeito aos fragmentos que conhecemos, somos todos iguais no infinito da nossa ignorância.

26 de mai de 2010

Deus

Tenho pensamentos contraditórios sobre Deus. Contraditórios por causa do homem que me fez confundir fé com religião. Eu tinha que ter Fé nessa inteligência maior que foi capaz de criar átomos, moléculas e também a maldita tabela periódica. Mas, fico nessa: creio nesse Deus que está em toda parte?, ou não?  

25 de mai de 2010

A lenda dos 7 volantes

Esse ano de copa, so se fala em copa , so se fala em verde e amarelo. Essa seleção foi realmente a mais comédia da história, se Dunga queria marcar sua Era uma vez, conseguiu . Cade nosso meia inteligente?? Não confio no Kaka, e dai? minha opnião, mané. Que que adianta ter mais de meia duzia de volantes se não tem um cara que guia bem? Grafite! huahuauhahu. Bom é que tenho que criticar antes que comece a copa, do jeito que sou azarada, o grafite vai ser o craque e o artilheiro.
 Agora minha Argentina e Milito tão vindo pra botar banca, mas levando em consideração meu histórico de azar, melhor não me animar muito.
Sei não , sei não ..
Que que tem haver eu ficar aqui falando isso, Brasil não merece meus neurônios.
to preparando uma série pro blog , não sei quando colocarei, mas vou adiantar o título : Verdades Inconvenientes.

Críticas e mais sarcasmos, cansei de melodramas.
Talvez eles tenham se encontrado em tempos errados,
ela tinha um coração ocupado por uma paixão
e ele tinha uma vida cheia de juventude.

Deixa seguir o moinho da vida. Aqui ou ali, se for será.

22 de mai de 2010

zélia

Queria descobrir mm 24hs tudo que você adora, tudo que te faz sorrir.
E num fim de semana, tudo que você mais ama
E no prazo de um mês,tudo que você já fez
É tanta coisa que eu não sei
Não sei se eu saberia chegar até o final do dia sem você
E até saber de cor no fim desse semestre, o que mais te apetece,o que te cai melhor
Enfim eu saberia


Não sei se eu saberia
Chegar até o final do dia sem você

Por que em tão pouco tempo
Faz tanto tempo que eu te queria
Ouça aqui, moçinha.


não fique pensando que o mundo lhe pertence não.

não caia nessa onda.

E outra coisa – não se esforce. pelo menos não tanto.

não fique ai remando contra a maré. dando murro em ponta de faca

Veja – se não fora pra ser, não vai ser. Acredite em mim. Coisa boba essa sua tentativa de ir alem.

e olhe, eu não estou pedindo pra vc desistir não, não é isso.

eu só quero que vc pense mais, que leia mais.

que tenha argumentos melhores

vc esta muito nova ainda.

cresce!

21 de mai de 2010

E se não fosse esse jogo de não deixar que o outro saiba que você é fraco,
que você está apaixonado e que quer desesperadamente ligar e dizer tudo
o que não cabe mais nesse peito inundado de sentimentos.
Se não fosse, nós poderíamos ter sido. Mas não fomos nada,
além de pobres jogadores,perdidos.
E se ocê reparar, eu não tenho pupilas.
Nem brio nos oios.
Repara bem nesses oios,
que eles não ão de te enganar.
Feito?
Ah, eu queria ter um objetivo na vida, uma coisa que sugasse todas as minhas forças, conduzisse todos os meus gestos e as minhas palavras. Não tenho nada, só este vazio. Tão grande, que, frequentemente, duvido até dele próprio. Se tivesse um objetivo – uma vocação, como será uma vocação? – tudo seria diferente.

20 de mai de 2010

Por aí, encontrei..

Nessa parte, quando ninguém está observando e o sol vai embora, a gente acredita que o tempo volta, que as canções são nossas e que teu cheiro ainda faz parte da minha pele. Até voltarmos para a realidade dos amantes mal amados e que os livros, uma vez publicados, sempre terão o primeiro parágrafo, não adianta pular, nem rasgar. Começar a história pelo segundo parágrafo seria perder parte da descrição: meu vestido branco em um corpo molhado de suor que Alceu cantou, só para você lembrar de mim, naquela madrugada. E o que seria de nós sem nossas lembranças de verão? Uma impossibilidade?

E que briga é essa? E que loucura é essa de alimentar esse quase? Que necessidade é essa de manter essa relação que ninguém sabe assumir, ninguém sabe resumir e muito menos resolver? Ah, o quase. Quase sabemos da impossibilidade, do sufoco e, como loucos, nos atiramos em abismos de verdades, doa a quem doer. E dói. Quase deixa cicatriz.
Hoje, confesso que consigo quase entender a tua falta dentro dos meus planos, o amor que quase derramei em versos descarados e públicos destinados aos teus sonhos que me incluíam. Também sei que hoje faço parte da saudade que alimentas todas as noites em que a vida não bate na tua porta e te chama para o bar mais próximo. Talvez, no bar, eu também seja uma falta que você beba em goles largos e quentes. Porque, para sempre, eu vou ser um aquiloquepoderiadarcerto no meio do teu peito e você vai ser um quase preso na minha garganta.
Mas, calma, até que nem tanto esotérico assim. Se somos incompreensíveis, a nossa história é mais. O nosso futuro é uma incógnita cheia de expectativas e uma noite que não teve beijo de despedida. Sabe-se lá o que virá e em que velocidade. Quase esqueço que isso de esperar o que não é e nem pode ser promessa é a forma mais desesperada de matar qualquer coração que lute pela sobrevivência. Quase esqueço que com você é sempre um quase e me adentro nos teus olhos castanhos que me arrastam feito ímã para qualquer canto que não habite o impossível e nem o improvável. 
Maldita impossibilidade que parece zombar dos amantes.

18 de mai de 2010

.

e ele vê que ela é tão insegura quanto ele e é humana como todos,
vê que ela é livre e poderia estar com qualquer outra pessoa,
 mas é ao seu lado que está, e vê que ela se preocupa quando
ele chega tarde e não se preocupa se ele não diz que a ama de 10 em 10 minutos.

17 de mai de 2010

Porque sempre quando tá tudo muito Up demais,
 vem sempre um balde de agua fria que te acorda pra realidade .
 Sonhar tem dias que cansa .

16 de mai de 2010

Se tiver erros, eu erro também

Veio tanta gente na minha mente, e tanta gente boa, tanta gente massa. Tanta gente que nem sabe que as tenho em meu pensamento. Tanta gente que me fez crescer, que me fez raiva, que me fez feliz, que me surpreendeu, que sumiram e que me acharam.


Tanta gente que passa pela gente e a gente nem percebe. GENTE.

Eu pensei agora em tanto tempo atrás, em tantos casos que pela rotina tão cheia de coisas não tenho tempo de recordar. Pensei em um tempo tão longe de hoje. Engraçado como esses tempos atrás me vêm sempre na mente com um cheiro diferente, cada tempo tem seu cheiro, eu penso. Cheiro é nostálgico

Nostalgia, saudade que não pode ser saciada, nostalgia é subjetiva demais.

Entendi tanta coisa hoje, que antes achava que não tinha motivo algum. Entendi a falta, os desesperados, os tristes, os loucos, enfim, os desentendidos. O mundo é todo mundo buscando um sossego, uma paz que pode estar aqui ou na China, no amor ou na solidão. Não julgo nenhum ato, só o de não sermos fiéis a nós mesmo.

O outro é apenas alguém que está na sua vida exterior, o mais importante é o Eu, então não vejo sentido em não fazermos aquilo que queremos para poupar o exterior, como clichê direi :que tudo é da lei.Ser livre pra pensar, pra agir, pra buscar.

. Eu me resumo hoje em uma palavra, busca. Entendi que até o dia da minha morte estarei assim, buscando algo que pode ser o que sei, ou o que não sei. E isso é confuso, e muita gente não vai entender, mas eu entendi que essa: “muita gente não entender” não me importa mais. Só eu preciso entender, e isso satisfaz.

Eu não sei se tenho alma, ou se acredito nisso. Tanta coisa que eu queria acreditar e essa minha cabeça pensante insiste em quebrar minha fé. Eu gostaria de acreditar fielmente em mim, mas estou sempre com pé atrás. Tem dias que todas as Verdades que construir achando que estavam sólidas, desmoronam e parecem meros devaneios de uma criança chorona e egoísta.

Hoje eu estou como Renê Descartes. Só não sei se porque penso , logo deveria existir. Acho vasto essa frase. Tanta gente que não pensa e infelizmente existe. Eu penso e não existo tem dias. Ou não, ou sei lá, cansei de pensar sobre o pensar do pensar, pensando.

Concordo com você, esse texto está chato e sem nexo. Concordo também com essa cabeça fazendo sinais de negação . Mas fazer o que, nem sempre a positividade me interessa.

Não acredito que ainda está aqui, lendo meus devaneios, se liga , tão roubando sua Colheita Feliz .

M.R.G.T

15 de mai de 2010

Fiz o que pude, quem puder que faça melhor.

_______________________________________
Olha, menina,
Mostra o seu pensamento
Dentro dessa cabeça eu sei
Que tem um universo

Sinta, menina,
Tudo que eu ofereço
Uma canção bonita
E o meu amor sincero

Não prometo e nem peço nada mais
Quero é ter você comigo (Eu quero)
Seu sorriso nosso amor e nossa paz
Serei seu melhor amigo
Serei seu melhor amigo

Venha, menina,
Vamos viver um sonho
Eu quero o seu sorriso
Brilhando o tempo todo

Você é linda
Como uma flor no campo
Minha menina eu te amo

Não prometo e nem peço nada mais
Quero é ter você comigo (Eu quero)
Seu sorriso, nosso amor e nossa paz
Serei seu melhor amigo
Serei seu melhor amigo

14 de mai de 2010

Com certeza eu não concordo com o muito que a humanidade vem construindo. E com o pouco que tenho feito diante a tamanha alienação.

Mrgt

A carta

Escrevo para que saibas que esse meu silêncio deveria ter falado muito. Deveria ter alcançado seus pensamentos e perturbar tua paz. Esse meu silêncio tinha o objetivo de desestruturar esse seu equilíbrio.
Mesmo com meu sumiço você permaneceu aí, continuou sua rotina, parece que não percebe que está deixando o amor passar. Hey cara, acorda! Eu tenho tentado de todas as formas, te viver de novo, te sentir, tenho pensado em sermos de novo tudo aquilo que não fomos.
Então escrevo , como última cartada. Meu último ato desesperado para te ter de volta. Entrego nesse papel , minha derradeira esperança.
E se por mais uma vez, você permanecer inerte , paralisado , indeciso , deixarei que morra em mim essa vontade de querer-te a todo instante.
Então, me diga, me dê um sinal, mande uma resposta.
Eu preciso continuar minha vida, e não queria te deixar pra trás.
Um grande abraço e um beijo.


ps: E se nada disso valer pra você, pegue essa carta e faça uma fogueira. Nesse frio ela há de te aquecer.

12 de mai de 2010

Os homens vivem apostando corrida, Maria. Nos escritórios, nos negócios, na política, nacional e internacional, nos clubes, nos bares, nas artes, na literatura, até amigos, até irmãos, até marido e mulher, até namorados, todos vivem apostando corrida. São competições tão confusas, tão cheias de truques, tão desnecessárias, tão fingindo que não é, tão ridículas muitas vezes, por caminhos tão escondidos, que, quando os corredores chegam exausto a um ponto, costumam perguntar: "A corrida terminou! Mas quem ganhou?" É bobice, Maria da Graça, disputar uma corrida se a gente não conseguirá saber quem venceu. Para o bolso: se tiveres de ir a algum lugar, não te preocupes com a vaidade fatigante de ser a primeira a chegar. Se chegares sempre onde quiseres, ganhaste.

9 de mai de 2010

momy


Dia das mães, eu até sou favorável a idéia que essas datas comemorativas nada mais são do que meios de venda para o Capitalismo. Mas deixando um pouco a razão e o ceticismo de lado, venho falar sobre essa Mulher e seus dias.
Essa mulher que se descobriu mãe e que sempre foi motivo de exemplo aos filhos. Essa mulher que deixou vários sonhos para realizar o dom de ser mãe. Verdade, DOM! Porque ter um filho qualquer mulher em normais condições pode ter, ainda mais com essa facilidade a qual o mundo de hoje oferece aos úteros alheios. Mas são poucas que se sentem mães. Poucas se dedicam inteiramente a um filho, raras as mães que educam e amam. Ter mãe é raro, incomum porque mãe é o amor verdadeiro que tanto nós, ingênuos, buscamos em outros braços. Mãe não nega colo, não julga um choro, não mente, não engana e não inveja.
Eu filha, quase sempre falho com a pessoa que me acompanha sem pedir nada em troca, às vezes por coisas bobas, uma palavra maldita, um olhar com raiva, minha falta de paciência em repetir no seu ouvido já cansado o comentário que ela não entendeu, ouvido esse que sempre me escuta atentamente lamentar sobre meus medos, meu choro, minhas histórias repetitivas.Minha falta de tempo em ajudá-la em ações simples como achar um telefone no catálogo, porque seus olhos já não vêem como antes, olhos que me ninaram quando eu se quer sabia falar, olhos que sempre atentos me protegeram.  Quase sempre me sinto egoísta, quase sempre me sinto arrependida.
Sempre me calo.
Quando devia falar a ela, o quanto me arrependo das palavras soltas e em como me sentiria melhor se ela me desculpasse. Mas ela é tão mãe que até mesmo no meu silêncio,  me vêm de braços abertos e  me agrada, me faz mil perguntas, quebrando todo seu orgulho,  como se tivesse um dispositivo sempre ligado: “Calma mulher, é teu fruto, é teu erro, é teu amor!”.
Engraçado pensar nos erros. Creio que só com os anos ficamos mais conscientes, o que é uma pena. Eu queria ter uma consciência de quem já perdeu sua Mãe, para ter a convicção que sem ela não sou nada e se não fosse por ela não seria nada. Eu me acostumei a pensar que ela é imortal.
Eu tive a sorte e o privilégio em nascer de um ventre tão divino. Fui criada simples, minha mãe me ensinou os valores para ser uma boa pessoa, sem me censurar, ela me instruiu a formar minhas opiniões, e me concedeu uma Liberdade digna. É como se o olhar dela me dissesse: ”Voa menina, mas se precisar de um chão, estarei aqui.”      


Ah mulher, minha mãe, e que orgulho em ser-te filha. 
Te amo, és imutável em minha essencia! 

8 de mai de 2010

Faz muito pouco tempo aprendi a aceitar, quem é dono da verdade não é dono de ninguém

6 de mai de 2010

(...) Paz é colocar sua cabeça no travesseiro à noite e dormir com a certeza de que você não enganou ninguém, não mentiu pra conseguir nenhuma vantagem ou usou de alguma forma ilícita pra conquistar alguma coisa ou alguém.
"Estou apenas enterrando as impurezas e toxinas da minha vida e deixando brotar uma bela e frutífera árvore!"

5 de mai de 2010

Quando começar o frio, dentro de nós

Tudo em volta parece tão quieto
Tudo em volta não parece perto
Toda volta parece o mais certo
Certo é estar perto sem estar

Quando o tempo não passar, dentro de nós
Cada hora é como uma semana
Cada novo alô é mais bacana
Cada carta que eu nunca recebo
É sempre um motivo pra lembrar

Vida amarga, como é doce a dor da palavra dita de tão longe,
 dita de tão longe, dita de tão longe...

Quando alguém se machuca, dentro de nós
Toda culpa parece resposta
Nossa busca não parece nossa
Nosso dia já não tem mais festa
Não tem pressa nem onde chegar

Quando a paz se anunciar, dentro de nós
É porque aquilo que nos cega, mostra um outro lado pra moeda
Que não paga as coisas do meu peito
O preço é me fazer acreditar
são só palavras
e o que eu sinto
nao mudará.

3 de mai de 2010



Sempre querem mulheres festivas e subjugadas. Efusivas e caladas. Dadas e reservadas. O Brasil é macho, muito macho. É o pau-brasil, o bumba-meu-boi, o saci pererê, o berimbau, o futebol e o caralho a quatro. E as meninas brasileiras são criadas para seguirem em frente sem perceber o quanto são ridicularizadas.

2 de mai de 2010

Sou agora
Um frágil cristal
Um pobre diabo
Que não sabe esquecer

1 de mai de 2010

Eu até ia escrever sobre.. ah deixa pra lá!