21 de jan de 2011

Para o Amor,


Amor querido, venho te dizer que você é o mais nobre dos sentimentos, mas que não por isso se ache o melhor e banque o metido na frente das pessoas, você deve ser observador e discreto, não precisa fazer aparições escandalosas, quem exalta demais suas perfeições há de querer esconder tantos e horríveis defeitos.Que você seja Amor sem personagem, sem dupla face e se alguém ousar usá-lo para  ludibriar algo , que você dê uma boa lição. Você não deve ser banalizado em redes sociais nem em relacionamentos fugazes, você é um nobre, ora.
Que seu nome seja dito com certeza e com substância, que a cada boca que o pronuncie exista a verdade de se sentir realizado por outro ser, que ninguém o confunda com outros, apesar de parecidos, sentimentos , o senhor Paixão e companhia  são apenas da sociedade, nobres nunca. Que você tenha sabedoria para acalmar os aflitos e cautela para curar um coração partido. E de maneira especial humildade para saber o momento de sair de cena.
Que não permita que pessoas passem por ridículos, loucos e insanos, esteja atento aos enganos, não tolere ser passado pra trás. Você é o todo poderoso e não deve ficar em segundo plano nunca. Não tape os olhos dos traídos, não tente ignorar situações subversivas. Seja para aqueles que o compete, o tesouro no fim do arco-íris, encha a vida de doçura, delicadezas e cortesias.
Seja leve, mas não breve.
Seja meramente , com substância .

Nenhum comentário: