25 de ago de 2010

Ah, quem me dera se eu fosse, céu.

Nenhum comentário: