16 de jun de 2010

Pode acreditar,eu agora sei voar e num pé-de-vento,você vai me ver passar.
Pode acreditar
Há tanto oxigênio que chego a me esquecer, de todo esse tempo que estou sem respirar
A turbulência já vai passar


(Takai)

Tô passando de você.

Nenhum comentário: