4 de dez de 2009

.



Fora pedido que eu fizesse o vídeo e os escritos da formatura do meu terceiro ano.
Logo quando fiquei sabendo pensei:

“ Uma grande oportunidade para me vingar  daquela que me tirou um amigo!”

Mas agora, frente a frente com as fotos, descobri que não é do meu feitio a vingança. Até mesmo porque, tenho pensado muito e cheguei à conclusão que não vale a pena amargurar-me pelo simples fato de ver um amigo seguindo caminhos obscuros.

Cada um sabe de si.

É claro que nunca esquecerei das encenações de amizades vinda dela, dos falsos abraços, das palavras mentirosas. Não devo esquecer porque foi um aprendizado na própria pele de como o mundo é impregnado de pessoas maliciosas e dissimuladas.Tenho agora a obrigação de nunca ser enganada por falsos indivíduos.

No final, devo-a grande consideração, pois foi através dela que aprendi como não se deve agir na vida e então meus valores humanos ficaram muito mais fortes e constantes.

Desejo apenas que ela o faça muito feliz e que o arrependimento jamais passe pela mente dele, porque do contrário, as amizades perdidas, os momentos não vividos, as ofensas, o esquecimento e a infelicidade serão episódios freqüentes na mente do meu não mais amigo.
Que ela faça valer a pena todo o passado esquecido e todo o futuro aprisionado.
Sejam felizes, vocês merecem!





PS: Tudo bem , a parte do "sejam felizes" foi totalmente irônica,
mas vai que aquela teoria do que tudo que você deseja volta em dobro
for realmente verdade, melhor não arriscar.

Marina  R. Gontijo Teixeira 

Nenhum comentário: