6 de nov de 2009

Fim


Escrevo para um amigo, não esteio mais vê-lo em cordas bambas.
Escrevo para que sinta pelo menos por um momento um chão firme .
É certo que a vida é feita de finais. Um dia se inicia um projeto e em seguida será necessário terminá-lo, até porque muitas vezes as coisas que se estendem demais acabam por perder o sentido, transformando um sentimento ou um ideal em meras banalidades.
É difícil entender no ato os pontos derradeiros que a vida nos empurra garganta a baixo.
Engolimos muitos sapos, orgulho , cóleras e mais, tudo isso faz parte do processo existencial .
O fim de uma amizade, de um amor , de uma alegria  não significa que a vida acabou ali, há sempre outras coisas iniciando.É inevitável em alguns momentos colocarmos o ponto final em algo que não está nos fazendo bem, para que o tempo se encarrege de guardar as boas recordações e nos trazer novos ares. De nada adianta o desespero antecipado , apenas viva e tenha certeza há um mundo multicolorido à sua espera. Todos nós nascemos com um intento , somos laço, luz , lua.. 

Reaja amigo , porque ainda quero passar contigo muitos finais de dias, que não deixam de ser lindos por estar no fim , veja o pôr do sol que não me deixa mentir. Ele se põe da forma mais audaciosa deixando –nos sem reação diante do seu espetáculo.


  Marina R. Gontijo Teixeira



"Eu aprendi que o tempo é um mestre na arte de refazer as coisas.
Só o tempo nos dá a chance de ver que tudo é questão de tempo, mesmo...
Por isso, está em nossas mãos montar tudo de volta.
Com calma.
Porque nada se desfaz à toa.
Coisas novas precisam ser erguidas.
Mãos à obra, então!
Não tem jeito, o mundo desaba de vez em quando. Mas você não tem que desabar junto.
Sendo assim, quando você olhar em volta e ver que tudo já está no chão, o segredo é se manter de pé!"

Nenhum comentário: