18 de nov de 2010


Querer escrever todos os palavrões do mundo,chamar de todos os piores xingamentos eu até quis por meio segundo. Mas passa, sempre passa e acho isso tão mágico. Meus  sentimentos de aversão não são agressivos, sempre acabo sentindo dó ,uma dozinha tão calminha dela.
Que vidinha boa a que eu tenho, um amor só meu. Deixa o resto, que restos nunca me interessaram . Agora, não vou pedir de novo para que não mande mais mensagens para o meu amor calminho, entendi que entender o recado não é sua praia. Mande milhares, milhões, é um pouquinho bom demais ler seu desespero, aumenta o ego.

Um comentário:

Anônimo disse...

é verdade Maris, já vivi essa situação e é chato pra caramba.;;;
mas tudo se ajeita viu! continue essa menina linda que é , bjuu gabi