8 de nov de 2010

ENEM

Sorte de quem não precisa ser testado pelo Sistema de educação brasileiro, sorte de quem já arrematou no leilão das vagas seu lugarzinho nas instituições de ensino superior, sorte dos beneficiados pelos inimagináveis erros em um veículo de acessibilidade programado com 365 dias de antecedência.
Sorte? Não sei se essa seria a palavra ideal para transmitir ironia aliada a desprezo.Mas como no Brasil a idéia de liberdade de expressão é somente para enfeitar a constituição e aumentar a lista dos direitos humanos , eu como brasileira lesada pelo sistema não posso ao menos criticá-lo, corro o risco de ser processada e ter meus direitos civis caçados pelo governo. Ok senhor diretor do Inep, não vou dizer que a falta de competência e a desorganização do nosso país é algo real, vou mais uma vez fechar os olhos e pagar o pato por você. Não vou falar do quanto eu e mais de quatro milhões de estudantes labutamos o ano todo esperando por essa prova , afinal isso é irrelevante para você, pode ficar tranqüilo que a minha disponibilidade de refazer a prova é total. Não vou criticar a troca de cabeçalhos nem a falta de atenção e muito menos vou tumultuar as redes sociais , sua imagem não perderá a credibilidade.
Só por favor, não me venha com desculpas esfarrapadas e sem coesão, o erro não é admitido só porque esse é um processo de grande porte. Faça como eu cale e consinta.
Não espero culpar ninguém, basta apenas me responderem uma pergunta, não que vocês não vão dar conta, mas apenas quanto tempo vocês demorarão para aprender a não errar?

Um comentário:

Anônimo disse...

haverá outra prova?