27 de ago de 2010

Sabemos que não são poucos os miseráveis do país,
mas às vezes esquecemos da quantidade também imensa 
de miseráveis que está em nossa órbita, 
cuja barriga não está vazia, mas a cabeça, totalmente.

Nenhum comentário: